13 de jun de 2010

Resquícios

Eu sabia: a dor que brilhava em seus olhos, rugia desesperadamente nos meus, eu sabia do medo, eu sentia sua dor. Naquela noite supliquei, porque não sabia se seria capaz de ficar só.
Hoje sou manca, mas consigo andar.
Sua nostalgia me assola em alguns dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário