13 de jun de 2010

Essência

É da minha essência me procurar-me por aí: pelos beijos e abraços, pelas risadas e sorrisos. Sim, sou eu! Covardemente corajosa, friamente amorosa. Não peço que compreenda, nem eu mesma chego perto de me compreender.

Nenhum comentário:

Postar um comentário