11 de nov de 2013

Partes de mim definham:
fragmentos, lascas, pedaços.
Todos os pretéritos
são arrastados pelas rajadas em meu existir.

As lufadas levam-me de tudo:
Levam meus erros, meus acertos...
Apartam-me.
Eu desintegro como poeira estelar.

Já assenti meu fado:
desato-me,
desprendo-me,
desmancho-me
de mim mesma.

(Um dia retorno ao pó do qual nasci)


Nenhum comentário:

Postar um comentário